Como funcionam as taxas das maquinas de cartão

Oferecer diversas formas de pagamento para os clientes é um grande diferencial para um empreendimento, portanto é fundamental ter uma maquininha de cartão.Vamos agora vamos explicar como funcionam taxas que são cobradas pelas fornecedoras dessas maquinas.

Quem administra as maquininhas?

As facilitadoras de pagamentos são empresas que podem vender ou alugar as máquinas. A cada venda efetuada por meio da maquininha de cartão, o estabelecimento vendedor paga à empresa fornecedora uma taxa.

Quais são as taxas cobradas?

As taxas de administração cobradas em operações com cartões variam muito entre as fornecedoras, e também dependem do ramo de atividade do comerciante.

De maneira geral, elas variam entre 1,8% a 5%, lembrando que as taxas das operações com cartão de débito são menores.

Em algumas empresas não são cobradas taxas de e o aluguel também pode variar o valor ou até mesmo isenção.

Também é necessário saber quais bandeiras de cartão são aceitas pela maquininha que você irá contratar e qual é a demanda do seu público!

Vale a pena contratar uma máquina de cartão para o meu negócio?

O empreendedor precisa fazer uma análise de custo benefício, entre as principais vantagens de oferecer o pagamento por meio de cartões estão: o aumento das vendas, a redução da inadimplência e ausência de custos com o protesto boletos, por exemplo.

Isso sem falar na segurança que as transações realizadas por esse meio trazem tanto para o vendedor quanto para o comprador.

Além disso também algumas empresas podem oferecer muito mais benefícios, não é apenas adquirir uma maquininha, você consegue adquirir serviços para melhorar seu fluxo de caixa, facilitar a divisão de comissão entre outros.

Em todas as opções, as taxas por venda variam de acordo com o ramo de seu negócio.

Uma das principais dúvidas dos ao contratar uma máquina de cartão é o impacto das taxas da máquina de cartão nos rendimentos do seu negócio.